Área de Atuação

PÁRA-RAIOS

Projeto e execução de Sistemas de Proteção Contra Descargas Atmosféricas - SPDA, prediais e industriais.

O Brasil é o campeão mundial de incidência de raios. Perto de 100 milhões deles atingem anualmente o País, provocando a morte de pelo menos 200 pessoas. Outras 1.000 ficam feridas. Os dados são do Grupo de Eletricidade Atmosférica do INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. No resto do mundo, outras 800 pessoas perdem a vida em consequência do fenômeno. Regiões com clima tropical, temperaturas elevadas e alta umidade são as que mais sofrem com o problema.

De acordo com os especialistas da área, o segredo de um SPDA - Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas - está no aterramento. Na extremidade superior do pára-raios é instalado um captor para atrair os íons (grupamentos de átomos com excesso ou falta de carga elétrica), responsáveis pela formação dos Raios. Os íons são levados através de condutores até o solo (aterramento), onde ocorre a descarga e o equilíbrio do campo magnético. Entre os tipos mais comuns, estão o sistema Gaiola de Faraday e o sistema de Franklin.

Área de Atuação

Para uma avaliação correta, deve se executar uma vistoria técnica e projetar / adequar o sistema, de acordo com a norma NBR5419/01 da ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas, que segue padrões internacionais. Anualmente deve-se proceder a vistoria completa do sistema e correção dos problemas encontrados.
Um bom sistema de Pára-Raios e Aterramento de Micros e Máquinas pode evitar prejuízos com a perda de equipamentos, sem levar em conta a proteção as pessoas existentes no local e a obrigatoriedade prevista na NR-10 do Ministério do Trabalho.

As seguradoras não são obrigadas a cobrir perdas ocasionadas por falta de pára-raios ou se sua instalação estiver fora das Normas Técnicas.Os danos causados por falta de pára-raios estão sempre nas exceções das garantias de equipamentos eletro-eletrônicos.

A NR10 do Ministério do Trabalho exige a colocação de pára-raios e aterramentos elétricos para a proteção dos funcionários e moradores.

A Coelte possui experiência nesta área com vários SPDA instalados conforme determina NBR 5419/01 da ABNT, bem como remoção de pára-raios radioativos (proibidos pela legislação) destinando-os ao IPEN com toda documentação necessária.

Entre em contato solicitando uma visita técnica em sua edificação, e teremos prazer em atendê-lo!

Equipe Coelte.